Google+ Followers

quinta-feira, 2 de abril de 2015

A FORMA MAIS RÁPIDA DE COZINHAR A VAPOR

Tirado do site lifestyle.sapo.pt
Melhore a sua alimentação. Aprenda, passo a passo, a técnica que os povos orientais mais utilizam para confecionar os alimentos
Esta técnica culinária, muito usada pelos povos orientais e por pessoas que se preocupam com os alimentos que ingerem, tem a vantagem de conservar o sabor e a cor dos alimentos e nem requer um utensílio próprio. Em casa, pode facilmente recorrer a um dos tachos que integram os seus auxiliares de cozinha. Estes são os passos que deve seguir:
1. Coloque ao lume um tacho com dois dedos de água a ferver.
2. Apoie um coador no tacho e coloque no interior os alimentos.
3. Tape o coador com um prato ou o testo para evitar que o vapor saia.
Os benefícios da cozinha a vapor
Segundo vários estudos internacionais, os alimentos cozidos a vapor constituem uma das melhores opções de confeção. Steven K. Clinton, especialista em de nutrição e professor de medicina na Divisão de Oncologia da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos da América, afirma mesmo que estes são «mais saudáveis do que os crus». Pesquisas científicas referem ainda que as pessoas que ingerem regularmente legumes e vegetais cozidos a vapor têm menos probabilidade de desenvolver cancro, diabetes, ataques do coração e problemas de visão.
A cozedura a vapor preserva, em média, cerca de 84% das vitaminas dos brócolos, por exemplo. Na cozedura tradicional, esse valor desce para os 40%. E o mesmo sucede com a couve, a couve-flor, a batata, a cenoura, o espinafre e a beterraba. Como não necessita de óleo, logo tem menos gordura, a comida cozinhada a vapor é recomendada para pessoas que habitualmente têm a pressão arterial alta e níveis elevados de colesterol e triglicerídeos, além de ser ideal para quem quer perder peso.
artigo do parceiro: